Rapaz atingido por raio no Ariston continua em coma

0
2126

Incidente ocorreu no sábado, 6/4, quando o jovem jogava bola no campo do CSU

Por: Caroline Rossetti

O rapaz que foi atingido por um raio no campo do CSU, no Ariston, no sábado, 6/4, continua em coma. O incidente ocorreu enquanto ele disputava uma partida de futebol e um temporal atingiu a cidade.

Danilo sempre estava no campo, onde foi atingido pelo raio, jogando bola com os amigos/Fotos: Redes sociais

Entre os 21 jogadores que estavam em campo, a descarga elétrica atingiu Danilo Luz Oliveira, de 19 anos, em cheio. Danilo teve parada cardíaca e foi levado pelos amigos até o Pronto-Socorro da Vila Dirce, onde recebeu os primeiros atendimentos. Os médicos ligaram para Zenilda, mãe do rapaz, dizendo que ele tinha passado mal e só quando ela chegou ao PS revelaram a gravidade do caso.

“Sempre tive medo e falava para ele tomar cuidado com raios no campo, em dias de chuva. Almoçando, eu falei para o pai dele que estava angustiada, mas ele pegou a chuteira, ‘deu bença’ e saiu”, desabafou a mãe, em conversa com o Carapicuíba na Rede.

Do PS da Vila Dirce, Danilo foi transferido para o Hospital Geral de Carapicuíba (Sanatorinhos) por uma ambulância do Samu. Como a unidade de saúde não tem equipe especializada em queimaduras, na segunda-feira, 8/4, ele foi levado para o Hospital das Clínicas, para realizar exames. Lá, foi diagnosticado que o jovem teve ferimentos leves no pescoço, peito e costelas, além de a descarga ter afetado os rins, o coração e causado inchaço no cérebro.

Danilo é filho único e ajuda a família com a venda de ovos

Na terça-feira, 9/4, Danilo voltou para Carapicuíba, onde está internado na UTI do Sanatorinho (São Camilo). A mãe de Danilo contou ao CnR que os médicos têm tentado tirá-lo do coma induzido aos poucos e que, por enquanto, ele continua sedado, mesmo já tendo uma melhora. Nesta sexta-feira, 12/4, será feita uma nova tomografia para ver como está o quadro clínico.

Danilo completa 20 anos no dia 10 de setembro. Junto com a namorada Gabrielle, grávida de cinco meses, ele está esperando uma filha, que se chamará Lorena. A sogra acolheu a nora, na casa da família no Ariston, e ambas estão se amparando em um momento tão delicado.

O jovem é filho único e, quando criança, trabalhava com figuração em novelas do SBT. Atualmente, ele ajuda o pai e a mãe com a venda de ovos, que é a renda da família. Todos os dias da semana, Danilo sai com o pai de carro e circula por Carapicuíba, Jandira, Itapevi e Osasco para trazer sustento para casa. Enquanto o rapaz permanece internado, os pais estão fazendo as vendas na garagem de casa.

A corrente de oração pela melhora de Danilo tem tomado as redes sociais e a vizinhança, com depoimentos de familiares, amigos e pessoas que torcem pela vida do rapaz. “Estamos todos sem chão, mas temos que continuar e ter fé que ele vai melhorar”, diz, angustiada, Zenilda ao CnR.

Deixe uma resposta