Família procura por mulher desaparecida há três dias

0
940

Lucineide Soares da Silva, de 54 anos, é camelô. Ela trabalhou normalmente no último sábado e desapareceu

Atualizado em 15/3 às 14h34: Lucineide foi encontrada distante de São Paulo. Segundo a filha, ela estava machucada, pois foi agredida pelo ex-companheiro. Ele foi intimado pela Lei Maria da Penha.

A família de Lucineide Soares da Silva, de 54 anos, procura por ela há três dias. Lucineide trabalha como camelô no Centro. No sábado, 9/3, ela cumpriu sua jornada de trabalho normalmente, mas sumiu sem informar os familiares.

Segundo o namorado da autônoma, ele a levou ao trabalho às 7h30, porém ficou com o aparelho celular dela, já que iria baixar um aplicativo para verificar a situação de uma motocicleta. Ele havia combinado de buscá-la às 14h30. Chegando ao local, ela já não estava no trabalho e ninguém souber informar seu paradeiro. Ele convive com ela há cinco anos.

De acordo com a filha de Lucineide, a banca onde a mãe trabalha fica em frente ao Detran, beirando a linha de trem da CPTM. Ela conta que Lucineide não tem problemas psicológicos e que apenas faz uso de remédio antidepressivo. Além disso, sempre notificou os familiares quando iria sair.

Lucineide tem cabelos loiros, 1,70m de altura e usava uma blusa de moletom jeans, calça jeans e uma touca na última vez em que foi vista. Além disso, ela tem duas tatuagens: uma flor no joelho direito e a frase “te amo” em japonês, escrita nas costas.

O caso foi registrado no 1º DP.

Deixe uma resposta